Um pouco da História da FyF , na visão de seu criador Teixeira Curti.

Escrito Por: BNW Avaliador Publicado em: Histórias e Eventos da FyF no Mundo do Bumerangue no Brasil. Data de Criação: 14/04/2017 Acessos: 915 Comentários: 0

 

Um pouco da História da FyF , na visão de seu criador Teixeira Curti . 

 

O artesão Marinaldo Teixeira Curti nasceu em 1956. Treze anos depois, quando ainda pré-adolescente, 
passava pelo centro de São Paulo, quando viu pela primeira vez o voo de um bumerangue real.
Este fato ocorreu no interior da Galeria Prestes Maia(baixios do Vale do Anhangabaú) nos anos 70.
Hoje estação metro ''Anhangabaú.'' 


 Um pouco da História da FyF , na visão de seu criador Teixeira Curti . 

O artesão Marinaldo Teixeira Curti nasceu em 1956. Treze anos depois, quando ainda pré-adolescente, 
passava pelo centro de São Paulo, quando viu pela primeira vez o voo de um bumerangue real.
Este fato ocorreu no interior da Galeria Prestes Maia(baixios do Vale do Anhangabaú) nos anos 70.
Hoje estação metro ''Anhangabaú.'' 
Onde um vendedor ambulante arremessava um bumerangue produzido em folhas de cartolinas coladas, 
anunciando o produto com a frase: "Não requer prática e tampouco habilidade". 

Quase que hipnotizado pela propaganda e pela mágica do "brinquedo", conseguiu convencer sua mãe 
a lhe comprar um bumerangue de presente. Uma vez que em casa já experimentava fazer algo sem ao 
menos ter ideia do que se tratava, e entre outras criações acabou fazendo uma cruzeta rudimentar com folhas de madeiras descartadas de uma fabrica de móveis local, um ''Motela'' posteriormente identificado como tal..

Em casa e de posse dos novos brinquedos, logo tratou de aprender a jogar-lo e também tentar reproduzir 
o novo modelo de bumerangue agora de três asas. Confeccionados em cartolina, capas de caderno e outros materiais mais resistentes, que durante muito tempo os bumerangues produzidos pelo Teixeira foram ofertados como 
presentes para os amigos. "Entre 1970 e 1994, sempre fiz os bumerangues sem fins comerciais", 
diz o artesão.

Em 1994, os ventos mudaram quando ele conheceu o heolista Silvio Voce.
 "Nesta época, eu fazia apenas uns três modelos.de bumerangues "  e Silvio Voce, um afíccionado por
 pipas e bumerangues, entregou doze modelos de bumerangues de sua coleção particular para que 
Teixeira os reproduzisse.

"Fiz as primeiras amostras e como ficaram dentro de suas expectativas, ele passou a consumir todas
 as 150 unidades de bumerangues que eu conseguia fazer durante a semana", comenta Teixeira, 
que na época conciliava o artesanato com o cargo de chefe de segurança de uma estatal. 
Foram dois anos de parceira, até que Teixeira interrompeu a produção em 1996 para fazer pesquisas 
e criar novos modelos de bumerangues exclusivos. 
"Não queria ser mais apenas um 'copião', queria criar e produzir meus próprios bumerangues."

                 

 

Renascimento da Marca FyF agora conduzida pelo Artesão Teixeira Curti.

 

A marca FreeFlyght adotada, já existia nesta época e pertencia a um amigo de Silvio Voce, que durante 
alguns anos chegou a fazer alguns bumerangues e vender no Parque do Ibirapuera. 
Quando Teixeira voltou ao mercado em1996, com cerca de 50 modelos em sua linha de produção, 
já tinha recebido o direito de usar a marca FreeFlyght no mercado, então nesta ocasião adotamos
também a sua complementação com uma Logomarca criada pelo artesão Teixeira ( FyF) e passamos 
a mostrar a nova marca, FreeFlyght Bumerangues Profissionais . Logomarca Registrada oficialmente em 2008/9.

A retomada de atividades na produção dos novos modelos de bumerangues contou com dedicação exclusiva
 do artesão no desenvolvimento e construção das peças. 
Desde 2001, a FyF esta formalmente estruturada como empresa. E uma loja Virtual desde 2002.
__"Estamos capacitados a atender desde uma lojinha até uma grande empresa."

Seus produtos são distribuídos em lojas do país e vendidos em dois sites de comércio eletrônico. 
Tem capacidade instalada para atender grandes encomendas (3 mil exemplares) em polímeros 
de forma semi-artesanal. 
Passamos também a fornecer bumerangues injetados em plásticos(suspenso temporariamente), onde 
o prazo e a capacidade seguem padrões industriais capazes de atender pedidos de grandes quantidades,
em qualquer tipo de polímeros.

__Periodo de 2003 a 2010 , ministrou aulas de artesanato e confecções de Bumerangues de papelão junto ao Sesc do Estado de São Paulo .

__Foi representante da Arte do Bumerangue no Brasil e Convidado pelo Consulado Australiano São Paulo para as Feira de Cultura da Austrália no Brasil, com 5 Edições Sucessivas 2003 a 2007.

__Foi convidado pela Empresa Solvay Brasil, mostrar seu trabalho com PVC no Mundo do Bumerangue, e registro em 

Livro  de Artesãos deste Material no Brasil.

__ Promoveu a Inserção de vários materias como Pvce, Psai , P.A.R entre outros , para utilização na fabricação de bumerangues no Brasil, com vasta linha de materiais testados e hoje fazem parte do dia a dia de muitos fabricantes.  

Atualmente após 48 anos de atividade e ainda a frente da FreeFlyght Bumerangues Profissionais, comanda uma loja de artigos esportivos para ar livre com mais de 170 modelos diferentes para seus amigos e clientes fiéis, com dicas, fabricação de modelos exclusivos de duas e três asas, bumerangues artisticos,  promocionais e materiais diversos, um blog onde conta com varios artigos sobre bumerangues galeria de arte , como fazer seus bumers e outros assuntos à disposição de seus amigos/clientes.

Registro efêtuado pelo Jornalista Ardilhes Moreira. ''Jornal Estadão ''

''Quer conhecer todos nossos produtos? , Visite nossa loja,!

https://www.boomerangs.com.br/

 por Teixeira Curti 

Tags:

Deixe um comentário

Captcha